PROGRAMA DE PREPARAÇÃO PARA APOSENTADORIA

Comentários dos Participantes

PROGRAMA

Por que desenvolver um Programa de Preparação para Aposentadoria.
           

Segundo o censo de 2000, do IBGE, a perspectiva de vida do brasileiro tem aumentado a cada ano. A população acima de 60 anos, que era mais de 10 milhões em 1991, deverá ultrapassar 30 milhões nos próximos 20 anos, ou seja, 13% da população. É um contingente significativo de pessoas ainda capazes de continuar a desenvolver atividades laborais.


Muitas instituições têm discutido essa nova realidade e demonstrado preocupação em preparar seus profissionais para a aposentadoria. Essa preocupação não se restringe aos aspectos burocráticos e previdenciários da questão, mas pode expressar mais do que isso, uma preocupação com a adaptação à nova realidade, o retorno desse profissional ao seu cotidiano familiar, a reorganização do trabalho, o aproveitamento do tempo mais livre, o cuidado com a saúde e qualidade de vida.


Instituições universitárias como UNICAMP,UFSC, UFRJ e UFF, e empresas como Petrobrás e Vale do Rio Doce, são exemplos dessa atitude.


A pré-aposentadoria tem significado um período de expectativas e ansiedade para o indivíduo, uma vez que nesse desligamento encontram-se envolvidos os domínios psíquicos, sociais, espirituais e físicos do homem (OMS- QVT).


O desligamento representa o encerramento de um ciclo profissional/laboral e o acesso à aposentadoria e não o desligamento da vida afetiva, social, cultural e produtiva, que continuam e podem ser vividas de maneira diferente.

 

 

 
Retorne